Buscar
  • Chris Vilhena

A Ilha

Às vezes é preciso sair da ilha para vê-la ilha... Ali de dentro não a vemos toda e corremos o risco de nos desconectar daquilo que de fato ela é, sua essência, sua razão, a matéria da qual é constituída.


Há alguns dias fiz esse movimento na tentativa de buscar essa reconexão. No caso, a ilha em questão era eu mesma. Foi incrível. Sai da Ilha da Magia para viver a magia da reconexão.


Um pouco distante das minhas rotinas, obrigações, trabalhos, alegrias e dores, me permiti viver a Chapada Diamantina (BA) sem plano de voo. Os dias eram vividos ao sabor das surpresas que ia colhendo aqui e ali, à medida em que se apresentavam.


Sair da Ilha permitiu-me acessar em mim outros aspectos meus, não comumente demandados no dia a dia. E é isso mesmo. Tudo é muito e não nos acessamos por inteiro. Mas o fato desses outros aspectos não serem tão acessados, não significa que não estejam vivos e, talvez, carentes de minha atenção. Daí a importância das pausas e da saída da ilha...


Encarei minha dor de frente e nela ergui meu degrau. Ao me permitir vivê-la sem controle, acessei, em mim, um novo estado de consciência. Era a conexão com a espiritualidade, era sua manifestação, em alto e bom som, me dizendo que eu acabará de adentrar, com toda a experiência sensorial que poderia vivenciar naquele momento, na quarta dimensão, dimensão de passagem, de materialização daquilo que se alinha entre o coração e a razão.


A mensagem ali foi muito clara: alinhe-os para que se realizem. Firmeza de propósito, coerência, retidão, comprometimento. Cuide de seus pensamentos porque eles se realizarão. Esse é o caminho.


Passei algumas horas em profunda meditação, num estado de graça que jamais havia experimentado. Um portal foi aberto em minha vivência. Quantos não o são? Mas será que temos olhos para vê-los?


Voltei dessa experiência de outra forma. Algo ali se revelou e confirmou o que, de alguma forma, eu já sabia. Tenho magia a realizar na Ilha da Magia.


Que a qualidade que tanto busquei e encontrei seja o palco das mais lindas, sensíveis experiências de cura e de amor.

10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Parto

© 2019 - Chris Vilhena criado por Ag5521