Buscar
  • Chris Vilhena

Falta de trabalho: tormento ou oportunidade?

Seja lá o que nos acontece, sempre podemos escolher como lidar com o que nos atinge. Eu amo essa liberdade e desse direito não abro mão. Afinal, trata-se, também, de uma escolha.


A crise que assola o país afeta todos. Fazemos parte da mesma comunidade e estamos conectados. Tenho escutado muitas histórias e trabalhado outras tantas. Em todas elas há um elemento que se repete: a necessidade de ação. Diante dela, sempre procuro incentivar o bom uso da oportunidade que se apresenta. Parar é uma ação, bem como correr e analisar.


Como a falta aconteceu e será necessário haver um jeito de tocar a vida nos próximos dias – seja contando com a ajuda de amigos, familiares ou com a sua própria criatividade – aproveite o tempo para responder algumas perguntas importantes e reavaliar sua trajetória profissional.


Você estava mesmo feliz fazendo o que fazia?

Sentia-se verdadeiramente realizado?

Percebia realizar, através de seu ofício, seus principais valores ou objetivos?

Sentia-se confortável em seu ambiente de trabalho?

E com suas relações?Via perspectivas de crescimento?

Se respondeu NÃO a qualquer uma dessas questões, você pode estar diante de uma grande oportunidade de reformular sua estratégia profissional!


Ainda que precise encontrar algo rápido para honrar seus compromissos, aproveite a oportunidade para se repensar profissionalmente. Invista nisso. Tome essa atividade recém-adquirida, agradeça por ela como provisória e não se confunda com a nova situação: ela é e pode ser passageira.


Às vezes não temos a coragem necessária para fazer alguns movimentos que, no fundo, desejamos fazer e a vida se encarrega de ajudar. Não podemos perder a chance de afirmar, em alto e bom som, nossa insatisfação com o rumo que as coisas estavam tomando se isso for uma verdade para nós. Podemos e devemos nos reorganizar para buscar novas e melhores oportunidades, mais alinhadas com aquilo que faz sentido para nós. Se isso ainda não tem um contorno claro, é hora de pensar a respeito. Não permita que essa nova ocupação “tampão” ganhe um status que não lhe cabe para que a vida, mais uma vez ali na frente, tenha que te mostrar aquilo que em algum lugar em seu íntimo já sabia.


Por outro lado, se essa perda de trabalho te alijou de um momento bom, de um lugar onde se sentia feliz e engajado, reafirme seu desejo, exercite sua resiliência e monte um belo e estratégico plano para encontrar um lugar ou posição ainda melhor.


É muito importante sermos gratos por nossas experiências vividas, mas sempre gosto de acreditar que o melhor está por vir. Então, prepara-se para o seu melhor!

0 visualização

© 2019 - Chris Vilhena criado por Ag5521